Presença do Papa em Lesbos é chamado à solução para crise migratória

POSTADO EM 07 de Abril de 2016

Cidade do Vaticano (RV) – Após confirmar a visita do Papa à ilha de Lesbos no próximo dia 16, o Diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, Padre Federico Lombardi, concedeu uma entrevista à Rádio Vaticano.

Ele fala do significado da visita do Papa à ilha, da questão ecumênica e do chamado à ação da Comunidade Internacional representado pela presença dos líderes religiosos em Lesbos.

Pe. Lombardi: Como sabemos, o Papa está sempre extremamente atento a todas as grandes emergências do mundo de hoje, em particular quando existem pessoas que sofrem, que precisam de nossa solidariedade e de nossa ajuda. Assim como foi a Lampedusa, apenas poucos meses após o início do Pontificado, para manifestar a sua proximidade na fronteira do Mediterrâneo, entra a África e a Itália, também agora, quando a emergência é tão forte no fronte do Egeu, o Papa deseja naturalmente fazer presente – também concretamente – a sua participação e preocupação.

Ecumenismo

Contudo, uma vez que estamos em uma área que é, do ponto de vista da Igreja cristã, principalmente ortodoxa, o fará junto das autoridades ortodoxas competentes, que são o Patriarca de Constantinopla e o Arcebispo de Atenas.

Portanto, é um gesto de solidariedade e de proximidade cristã ao grande problema dos refugiados, dos prófugos, dos migrantes, que é feito ecumenicamente pelos representantes das Igrejas cristãs. Este é, naturalmente, um convite à responsabilidade e ao compromisso de todos: o Papa não realiza ações de caráter diretamente político, realiza ações de caráter humano, moral e religioso extremamente significativos que chamam todavia à responsabilidade de cada um, de acordo com seus deveres e da sua situação na sociedade e nas relações humanas.

Chamado à ação

Certamente, é também um convite aos políticos a agir para encontrar soluções mais humanas, respeitosas e solidárias para as pessoas que sofrem nestes grandes movimentos problemáticos do mundo de hoje. (rb)

(from Vatican Radio)

© Copyright 2018. Desenvolvido por Cúria Online do Brasil